• Betweien

Como envolver os alunos através de projetos pedagógicos

Com toda a certeza que já ouviu algum dos seus alunos a dizer "porque é que estou a aprender isto?". Naquela que é caracterizada como sendo a época das tecnologias (e também das distrações), torna-se imperativo utilizar novas estratégias que despertem o interesse dos estudantes, para tornar o processo de aprendizagem satisfatório. Por isso, a aprendizagem baseada em projetos (Project Based Learning) tem sido apontada como uma das melhores metodologias para a sala de aula contemporânea. Esta metodologia combina a teoria e a prática de forma dinâmica, colocando o aluno no centro da aprendizagem.

O que é a "Aprendizagem Baseada em Projetos"?

Aprendizagem baseada em projetos é uma estratégia pedagógica centrada no aluno, na qual os estudantes aprendem sobre os mais diversos temas através de situações/problemas reais e sem soluções definitivas. Ou seja, o foco não é necessariamente na resolução do problema em si, mas em todas as habilidades e aprendizagens que podem ser desenvolvidas durante esse processo. Tanto o termo, quanto a base do que se entende hoje por PBL (Project Based Learning), surgem da contribuição de diversos estudiosos da educação ao longo do século XX. Maria Montessori, Jean Piaget e Paulo Freire são alguns dos principais nomes responsáveis por esta metodologia.


Ensinar através de projetos?

Atualmente, não existe espaço para a divisão entre a teoria e a prática. Ambas podem (e devem) estar em sintonia para que a aprendizagem seja eficiente. Desenvolver o espírito crítico, a capacidade de resolução de problemas e a empatia são algumas das competências que esta abordagem procura explorar. Aprender através de projetos permite ter contacto com desafios do mundo real e desenvolver competências fundamentais para qualquer contexto. Nesta metodologia, mais importante do que a resolução do problema específico, é o percurso intelectual apresentado, que servirá para o professor avaliar os alunos.


Competências de vida

Além das competências que cada disciplina requer que os alunos desenvolvam, existem as habilidades socioemocionais. Por outras palavras, são as habilidades fundamentais para que os sujeitos deem conta de suas emoções e saibam como conduzir as suas vidas de forma serena, com empatia, resiliência, autonomia etc. É importante que o problema tratado seja real, para que anule aquela pergunta tão ouvida na sala de aula “Mas por que é que eu tenho que aprender isso?”. Nesta abordagem, se o resultado se refletir em soluções concretas, esse projeto acabará por contribuir para uma maior motivação e aprendizagem dos estudantes.


Reflexão

A reflexão é um dos pilares da aprendizagem baseada em projetos, John Dewey dizia: “Nós não aprendemos pela experiência, aprendemos ao refletir sobre a experiência”. Nesse sentido, é importante haver um momento onde se olhe para trás em conjunto, professor e alunos, para refletirem pontos como: “O que estamos a aprender? Por que estamos a aprender? Como estamos a aprender?”.


Crítica e revisão

A aprendizagem por projetos possibilita a criação, pelos estudantes, de trabalhos de alta qualidade e robustez. Para tal, é importante que eles aprendam a receber e a dar feedbacks positivos e negativos - o que irá alavancar os resultados e processos do projeto em questão-.

Esse processo é um dos mais importantes, pois além de ser a principal garantia de melhoria do aluno, é quando eles são estimulados a conviver pacificamente com o erro, vendo-o desde cedo como uma nova oportunidade de aprendizagem.

135 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo