• Betweien

A doença do Ensino

O que é o burnout?

Burnout é uma condição grave que tem sido associada a vários sintomas de sofrimento físico e psicológicos.

Um novo estudo, desenvolvido pelo professor e investigador, do Instituto Superior de Psicologia Aplicada (ISPA), João Marôco, mostra que o número de estudantes do Ensino Superior que se encontram em burnout continua a aumentar.

Existe uma elevada exaustão emocional e descrença sobre a utilidade dos estudos.

Metade dos estudantes do ensino superior está em burnout académico

Segundo os dados recolhidos por João Marôco, metade dos alunos do ensino superior encontram-se em situação de burnout. 52% dos alunos estão exaustos e, é na Universidade de Aveiro que se observa a maior incidência de casos de burnout, rondando os 64,9%.


Os números apresentados são muito preocupantes e o cenário não parece ter melhorias à vista... Em 2012, este mesmo estudo, realizado apenas aos estudantes de Lisboa, indicava que "apenas" 15% se encontravam em situação de burnout. Essa percentagem, encontra-se agora nos 52%, o que demonstra o aumento significativo de alunos nesta situação.

“Nos contactos com outros professores e com alunos tenho constatado que os níveis de exaustão entre estes são mais elevados. E que a descrença sobre o que irão fazer com o que estão a estudar é também maior”
“Os anos da troika acentuaram muito a descrença dos estudantes quanto ao seu futuro profissional, que ainda permanece porque a situação socioeconómica do país continua a ser difícil”

Este triste panorama não diz apenas respeito aos estudantes. Num estudo recente, promovido pela Fenprof e elaborado pela Universidade Nova, com base em mais de 15 mil respostas de professores e de professoras, coordenado pela investigadora Raquel Varela, revelou-nos que mais de 60% dos professores apresentam níveis preocupantes de exaustão emocional, em situação de burnout. Causas como o excesso de trabalho, a panóplia de funções e responsabilidades, as mudanças constantes no sistema educativo, o tempo gasto em burocracia, a indisciplina dos alunos, são alguns dos principais motivos que levam os professores a atingir situações de burnout.

Será esta a doença do Ensino em Portugal?

36 visualizações

© Betweien, Lda., 2018 - Todos os direitos reservados.

  • Facebook Betweien
  • Instagram Betweien
  • Linkedin Betweien
  • Youtube Betweien